Evento no Terras do Golfe, teve ainda torneio profissional vencido por Felipe Navarro e um inédito Pro-Am noturno

 

Felipe Navarro fez seis birdies na volta final, para jogar quatro abaixo do par e vencer de virada a competição profissional do Pro Tour e Amador 2018 – Club Night Golf, na Associação Terras do Golfe, em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, disputada sexta-feira e sábado, 4 e 5 de maio. O evento inovador, que começou na quinta-feira, 3, com a volta de treinos e happy hour de boas-vindas, foi animado por duas grandes festas das bandas V-8 e Four Sounds e teve ainda um disputado torneio amador e o primeiro Pro-Am noturno do Brasil, além de uma inédita competição noturna de Longest Drive, com o uso do TrackMan 4 da Academia GolfRange Campinas, que comemorou ainda o vice-campeonato de Edson Lopes na categoria B. Mads Giltrup e Wagner Felix também jogaram.

A presença de 18 dos melhores profissionais de golfe em atividade no Brasil fez toda a diferença para o sucesso do evento, que mesclou golfe de alta qualidade, com muita festa e diversão. Houve música ao vivo nos dois dias de jogo, além de Open Bar de cervejas Stella Artois, hambúrgueres gourmet do EXP Burger, na sexta, e mesa de frios, comidinhas e massas, no sábado, quando entre os muitos brindes foram sorteados quatro noites, com dois dias de golfe, no Palácio Estoril, em Portugal, com café da manhã, para duas pessoas, oferecimento da Golf Travel; e três noites no Wish Golf Resort Foz do Iguaçu, para duas pessoas com café da manhã, oferecimento da Condor Turismo.

Profissionais – No primeiro dia do torneio profissional, Odair Lima, de Maringá, e Ronaldo Francisco, do Quinta do Golfe, de São José do Rio Preto, saíram na frente ao jogar 70 tacadas, duas abaixo do par, seguidos por Giordano Junqueira, com 71 (-1). O cubano Iorkys Cabrera, que mora em Curitiba, vinha em terceiro com 72, o par do campo, seguido pelo argentino Francisco Ojeda, com 73, e por quatro jogadores com 74: Felipe Navarro, do São Paulo; Ronaldo Francisco; Robison Gomes, patrocinado por Brisa e Cintos Macnevin 1983; e Pablo de la Rua, do Pine Hill de Toledo.

No sábado, com o campo mais longo e difícil por causa do vento, Navarro mostrou por que é considerado um dos mais talentosos golfistas brasileiros de todos os tempos ao se recuperar de um déficit de seis tacadas e vencer de virada. Jogou duas abaixo em cada metade do campo, com três birdies em cada passagem no campo de 9 buracos, para fazer a única volta abaixo do par da rodada final e ser campeão com 142 (74-68) tacadas, duas abaixo no total.

Odair jogou duas abaixo de ida, para se manter na frente, mas fechou a rodada com três bogeys na metade final, para ficar em segundo, com 143 (70-73), uma abaixo. Ronaldo, o outro líder da véspera, seis quatro acima de ida com um quádruplo bogey-8, onde tentou sair de trás de uma árvore e mandou a bola fora de campo, mas se recuperou com três birdies para ainda ficar em terceiro, com 145 (70-75), empatado com Giordano (71-74), que vinha três abaixo até o buraco oito, antes de devolver cinco tacadas.

Amadores – Os amadores disputaram três categoria de handicap entre os homens e uma feminina, sempre na modalidade stableford, de soma de pontos, em 18 buracos, sendo que metade jogou no primeiro dia e metade no segundo. Entre os de índex até 14, o campeão foi Reinaldo Faustino, seguido por Paulo Miranda e Albino Coimbra.

Na 14,1 a 25, venceu Flávio Jamal, seguido pro Edson Lopes e por Cláudio Kiryla, presidente da Associação Brasileira de Golfe Sênior (ABGS) que foi prestigiar o evento e tratar de importantes parcerias com o Terras do Golfe. Na 25,1 a 36, o pódio teve Nelson Leite, Marcelo Miranda e Áureo Andrade. No feminino, venceu Paulina Essaki, de São José; Andreia Murano e Graci Zermiani.

Pro-Am e Longest Drive – O Pro-Am noturno, com grupos formados por um profissional e até quatro amadores, na modalidade scramble, foi jogado em nove buracos, no campo oficial, com metade dos times jogando um shot gun em cada dia, a partir das 18 horas, quando já estava escuro. Foram usadas bolas e hastes das bandeiras iluminadas, enquanto algumas tochas marcavam os limites das raias. No meio de campo, dois homens com fantasia de monstros, apareciam repentinamente e deram susto em muita gente.

A equipe campeã foi formada por Felipe Navarro, que levou seu segundo título do dia jogando ao lado dos amadores Davi Chanzarian e Eliseu Nantes. Os demais profissionais ficaram no driving range, dando clínicas de golfe para iniciantes e ainda brincaram no Longest Drive, onde o cubano Cabrera bateu a bola mais longa do dia, 360 jardas. O campeão do Longest Drive foi o amador Fabio Yonamine, que bateu 320 jardas.

Premiação – Alexandre Leonardi, o Alemão, que promoveu o evento junto com José Antônio Moura, o Zé Galinha, comandou a entrega de prêmios que começou com bolo de aniversário e “Parabéns a Você” para Kiryla, que completou 76 anos no dia da final. Kiryla recebeu ainda uma homenagem pelo apoio da ABGS ao evento. Todos os patrocinadores e pessoas envolvidas na organização do evento também ganharam troféus comemorativos.

O Club Night Golf teve patrocínios de Sicredi; Enzo Jaguar e Land Rover, que expôs carros de luxo no clube; Supermercados Comper; Stella Artois; Águas Guariroba; EXP Burger; Grama Pontal; Grupo WTW; Arm3 Serviços; Maison Gabrielle; Arco Seguros; Charutos Habanos Specialist; gostodisso.com; Angiocentro; Grand Cru; Perez Arquitetura; Natubom; Mult Mix; Perfatto Persianas; Golf Travel; e Condor Turismo. O Hotel oficial foi o Hotel Deville Prime. O torneio teve apoio dos jogadores do Terras do Golfe e da diretoria do clube.