Com esse resultado profissional brasileiro dará salto de 200 posições no ranking mundial de golfe

 

Apesar de ter sido obrigado a jogar 33 buracos no domingo, depois que temporais tumultuaram o torneio, que foi reduzido para apenas três rodadas, o profissional Paulista Alexandre Rocha, que joga com patrocínio da Academia GolfRange Campinas (AGRC), conquistou o terceiro lugar do Molino Cañuelas Championship, campeonato do PGA Tour Latinoamérica, encerado na manhã desta segunda-feira, em Buenos Aires, na Argentina. O Molino Championship foi um evento especial por ser o 100º torneio oficial do PGA Tour LA, criado em 2012 para servir de acesso ao Web.com Tour e ao PGA Tour.

Rocha, que estreou na vice-liderança, na quinta-feira, não conseguiu jogar na sexta-feira, que teve quase toda a rodada parada por causa das fortes chuvas, e, no sábado, jogou apenas três buracos antes de o jogo ser interrompido ao escurecer. No domingo pela manhã, Rocha completou sua segunda rodada em sexto lugar, e reagiu à tarde, quando fez seis birdies para jogar quatro abaixo e terminar em terceiro, a uma tacada do playoff que decidiu o título nesta segunda-feira, já que só houve tempo de ser jogado um buraco do desempate antes de escurecer.

Ranking Mundial a Aulas – Rocha somou 204 (65-71-68) tacadas, 12 abaixo do par, em três dias. Com esse resultado, seu segundo Top 5 no PGA Tour LA em três torneios, Rocha ganhou 2,2 pontos para o ranking mundial de golfe (OWGR) onde deverá dar um salto de 200 posições assim que a lista for atualizada, ainda nesta segunda-feira, passando do 1033º para perto do 830º lugar. Isso coloca Rocha mais perto de garantir uma vaga para defender o Brasil nos Jogos de Tóquio 2020.

Dentro de três semanas, a partir de 15 de maio e até 10 de junho, Alexandre Rocha estará no Brasil, aproveitando folga no calendário, para dar aulas particulares de golfe na AGRC, durante os dias de semana, e cursos de um dia inteiro de imersão no golfe, nos sábados e domingo, em clubes da região. Clique aqui para ver os detalhes das Aulas de Golfe com Alexandre Rocha e para agendar seu horário. As vagas são limitadas.

Mais brasileiros – Outro bom resultado do Brasil foi conseguido por Rafa Becker, patrocinado pela Copag, que depois de um tropeço no torneio anterior e de um susto no primeiro dia, passou o corte raspando ao jogar quatro abaixo no sábado, na segunda rodada, para terminar em 47º lugar, com 212 (73-68-71) tacadas, quatro abaixo. Já Rodrigo Lee, que começou o torneio em 26º lugar, acabou perdendo o corte por apenas uma tacada ao somar 142 (69-73), duas abaixo.

O argentino Thomas Baik (68-68-67) e o americano Matt Gilchrest (66-70-67), que empataram em primeiro, com 203 tacadas, conseguiram jogar apenas um buraco do desempate no domingo, que terminou empatado, e decidiram o título na manhã desta segunda-feira. Baik venceu no terceiro buraco extra ao fazer par, contra duplo bogey do americano. O argentino Andres Gallegos empatou com Rocha em terceiro, com 204 (71-68-65).